86 3131-1300
Teresina, 18 de Janeiro de 2017
 
Publicada Segunda-feira, 24/06/2013
Passe Livre pedirá tarifa zero em encontro com Dilma

O Movimento Passe Livre (MPL) publicou uma carta aberta declarando-se “surpreso” com o convite feito pela presidente Dilma Rousseff para uma reunião em Brasília, às 14h desta segunda-feira, 24.

O documento será entregue pelos ativistas no encontro no Palácio do Planalto e defende a tarifa zero, a municipalização da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE) e mais verbas do governo federal aos municípios para que sejam adotadas políticas de priorização do transporte público em todo o País. Eles afirmaram ser contra a desoneração de impostos.


“Gostaríamos de conhecer o posicionamento da presidente sobre a tarifa zero no transporte público e sobre a PEC 90/2011, que inclui o transporte no rol dos direitos sociais do artigo 6º da Constituição Federal”, diz a carta, divulgada no site do MPL.

Para atingir esses objetivos, o MPL se posicionou, no texto, contra desoneração de impostos no setor privado. “Abrir mão de tributos significa perder o poder sobre o dinheiro público, liberando verbas às cegas para as máfias dos transportes, sem qualquer transparência e controle.”

Segundo a carta, a presidente Dilma estaria também surpresa com o resultado dos atos promovidos pelo movimento. “Essa reunião com a presidenta foi arrancada pela força das ruas, que avançou sobre bombas, balas e prisões”, afirma o texto.

O grupo enfatiza a repressão e violência por parte do Estado contra ativistas e jornalistas e cobra “ a desmilitarização da polícia” e uma “política nacional de regulamentação do armamento menos letal”.

Fonte: O Estadão

 
Centro de Apoio a mulher comerciaria
CONTRACS
Contribuicao Sindical
Contribuicao Social e Federativa
Convencoes
CUT BRASIL
CUT PIAUÍ
MST
Portaria
Sindeconpi
 
lista
17.01.2017 O que está por trás da propaganda da Previdência
13.01.2017 Piso da categoria comerciária é reajustado por antecipação a partir de janeiro/2017
11.01.2017 Manter motocicleta sai mais barato que andar de ônibus
11.01.2017 SEMINÁRIO : A REFORMA DO FGTS COMO TRABALHADOR (A) PODE SACAR AS CONTAS INATIVAS?
10.01.2017 Carnaval é no litoral. Inscrições para Colônia de Férias estão abertas .
10.01.2017 Veja dicas para economizar no material escolar
09.01.2017 Prazo para entrega da Rais 2016 começa no dia 17 de janeiro
06.01.2017 Sindicato realiza bingo beneficente para ajudar vítima de assalto em Teresina
06.01.2017 Entenda na prática a reforma da Previdência
05.01.2017 Mulher trabalhadora sofrerá maior impacto com reajuste da passagem
03.01.2017 Conselho determina reajuste da tarifa de ônibus para R$ 3,30 tarifa começa sexta
02.01.2017 Artigo: Uma Reforma Trabalhista para modernizar a escravidão
30.12.2016 Governo regulamenta salário mínimo de R$ 937 em 2017
29.12.2016 Desemprego é de 11,9% e atinge 12,1 milhões de trabalhadores, diz IBGE Comente
28.12.2016 Valores do seguro DPVAT ficará 37% mais barato em 2017
27.12.2016 Passagem de ônibus em Teresina pode ser reajustada para R$ 3,30 em 2017
27.12.2016 Agências bancárias abrem até quinta-feira
27.12.2016 Artigo: A verdade sobre a PEC N° 03
26.12.2016 'Greve dos Ônibus':Prefeitura atrasa repasses e a categoria fará protesto
23.12.2016 Em campanha salarial, trabalhadores do setor de hotelaria e gastronomia fazem greve em Teresina
22.12.2016 Governo propõe reforma trabalhista; veja o que pode mudar nas regras atuais
22.12.2016 Saiba como consultar o saldo de contas inativas do FGTS
SINDCOM - Sindicato dos Empregados no Comercio e Serviço de Teresina
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com - 86 3131-1300