86 3131-1300
Teresina, 25 de Abril de 2017
 
Publicada Segunda-feira, 24/06/2013
Passe Livre pedirá tarifa zero em encontro com Dilma

O Movimento Passe Livre (MPL) publicou uma carta aberta declarando-se “surpreso” com o convite feito pela presidente Dilma Rousseff para uma reunião em Brasília, às 14h desta segunda-feira, 24.

O documento será entregue pelos ativistas no encontro no Palácio do Planalto e defende a tarifa zero, a municipalização da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE) e mais verbas do governo federal aos municípios para que sejam adotadas políticas de priorização do transporte público em todo o País. Eles afirmaram ser contra a desoneração de impostos.


“Gostaríamos de conhecer o posicionamento da presidente sobre a tarifa zero no transporte público e sobre a PEC 90/2011, que inclui o transporte no rol dos direitos sociais do artigo 6º da Constituição Federal”, diz a carta, divulgada no site do MPL.

Para atingir esses objetivos, o MPL se posicionou, no texto, contra desoneração de impostos no setor privado. “Abrir mão de tributos significa perder o poder sobre o dinheiro público, liberando verbas às cegas para as máfias dos transportes, sem qualquer transparência e controle.”

Segundo a carta, a presidente Dilma estaria também surpresa com o resultado dos atos promovidos pelo movimento. “Essa reunião com a presidenta foi arrancada pela força das ruas, que avançou sobre bombas, balas e prisões”, afirma o texto.

O grupo enfatiza a repressão e violência por parte do Estado contra ativistas e jornalistas e cobra “ a desmilitarização da polícia” e uma “política nacional de regulamentação do armamento menos letal”.

Fonte: O Estadão

 
Centro de Apoio a mulher comerciaria
CONTRACS
Contribuição Sindical
Contribuicao Social e Federativa
Convencoes
CUT BRASIL
CUT PIAUÍ
MST
Portaria
Sindeconpi
 
lista
25.04.2017 Comissão começa a discutir relatório da reforma da Previdência; veja alterações
25.04.2017 Comerciários realizam festa do trabalho no clube social
24.04.2017 Reforma trabalhista permite que empregador reduza salário de funcionário
20.04.2017 Comunicado
19.04.2017 Lula: 'Reformas de Temer são bomba atômica na cabeça dos trabalhadores'
17.04.2017 Reforma trabalhista prevê demissão consensual
11.04.2017 Secretaria lança aplicativo 'Atende Sine' para tentar reduzir desemprego no Piauí
11.04.2017 Secretaria lança aplicativo 'Atende Sine' para tentar reduzir desemprego no Piauí
11.04.2017 Fraude em seguro-desemprego no PI renderia R$ 4,2 milhões aos cofres públicos
07.04.2017 Governo propõe salário mínimo de R$ 979 para 2018
07.04.2017 Nota de solidariedade à jornalista Cintia Lages
06.04.2017 Comerciários farão paralisação dia 28 contra a terceirização e as reformas da previdência e trabalhista
05.04.2017 Veja como funciona o empréstimo com o FGTS como garantia
05.04.2017 Loja é condenada ao pagamento de danos morais por ofensas a trabalhadora
04.04.2017 Caixa regulamenta crédito consignado com garantia do FGTS
03.04.2017 Entenda como ficam os novos juros do cartão de crédito
31.03.2017 Preços de remédios sobem até 4,76% a partir de hoje
29.03.2017 Vamos parar o Brasil no dia 28 de abril
27.03.2017 Prefeitura diz: creche que beneficiará comerciárias só será entregue no segundo semestre
27.03.2017 Terceirização: confira o que muda com o projeto de lei aprovado pela Câmara
24.03.2017 NOTA DE REPÚDIO - TERCEIRIZAÇÃO: REBAIXA SALÁRIOS E RETIRA DIREITOS
23.03.2017 Câmara volta a 1998 e aprova projeto de terceirização generalizada
SINDCOM - Sindicato dos Empregados no Comercio e Serviço de Teresina
Rua David Caldas, 536
sindicatocomerciariothe@hotmail.com - 86 3131-1300